PESQUISA SOBRE BRINCADEIRAS DE PEGAR

exemplo de imagem
  • Jogos e brincadeiras.

conteúdo

Objetivos
  • Ampliar o repertório de brincadeiras tradicionais de pegar.
Desenvolvimento

1ª etapa

Converse com os pequenos sobre as brincadeiras de pegar que eles conhecem e convide-os a conhecer outras, consultando livros e o site Mapa do brincarhttp://mapadobrincar.folha.com.br/. Acompanhe o momento, ajudando a turma a manipular o material e a navegar no site. Destaque a importância de buscar dados históricos e culturais sobre a diversão.

Para socializar as informações, reúna a turma e convide o grupo a comparar as novidades com as brincadeiras já conhecidas. Quais as diferenças? Algumaé parecida com as realizadas anteriormente? Como são as regras?

2ª etapa

Convide as crianças para brincar com as novas brincadeiras aprendidas durante a pesquisa e incorpore-as à rotina, se achar interessante. Você pode propor uma diferente por dia, lembrando sempre as regras à turma antes de iniciar a brincadeira.

Avaliação

Observe se as crianças estabelecem relações entre as brincadeiras novas e as já conhecidas.

Flexibilização

Ter um intérprete de Libras é fundamental para que as crianças com deficiência auditiva participem desta pesquisa. É importante, também, que os pequenos sejam acostumados, desde cedo, a fazer a leitura orofacial, para que se comuniquem melhor com os colegas. O uso de imagens – tanto nos livros como no computador – ajuda as crianças surdas nesta atividade. Há, também, sites cujos conteúdos são interpretados em Libras. Se necessário, amplie o tempo de pesquisa para que a criança conte com a ajuda dos familiares e do educador responsável pelo atendimento educacional especializado.

Duração
● Uma aula.
Outros Materiais
  • Livros sobre brincadeiras de pegar, tais como Arte de Brincar – Brincadeiras e Jogos Tradicionais, de Adriana Friedmann (Editora Vozes), e Giramundo e Outros Brinquedos e Brincadeiras dos Meninos do Brasil, de Renata Meirelles (Editora Terceiro Nome).

detalhes

Produzido por

Folha de São Paulo, Veja/Editora Abril

Comentários

Compartilhe sua experiência de uso

Rute dos Santos Renner: Interessante! As brincadeiras são fundamentais para o desenvolvimento cognitivo, psicológico e social da criança.
Icn pessoa
Taurilha Maria Jancik Rey Rodrigues: muito bom, o relacionameto ideal entre as crianças ´precisa ser valorizado
Cassiana Silva Pereira: Hoje pouco se vê nossas crianças brincando com algumas dessas brincadeiras. Muitas são até desconhecidas pelas crianças como: CABRA-CEGA, ESTÁTUA, QUENTE OU FRIO e tantas outras.Cada uma delas desenvolvem na criança o equilíbrio, rapidez,concentração,aprimora a audição e tantas outras coisas.
Icn pessoa
maria nelita dos santos castro: As brincadeiras do pegar e muito divertida, faz com que as crianças interajam umas com as outras, aprendendo a conviver com os outros.

Materiais do professor relacionados

(0)
O Mapa do Brincar reúne hoje 750 brincadeiras de todo o país. O projeto tem por objetivo descobrir se há semelhanças e diferenças entre o brincar nas diferentes regiões do Brasil.
Fav
(6)
Passa-anel, queimada, taco, vivo ou morto e muitas outras maneiras para as crianças se divertirem como antigamente.
Fav

Outros usuários também visitaram

(0)
O Mapa do Brincar reúne hoje 750 brincadeiras de todo o país. O projeto tem por objetivo descobrir se há semelhanças e diferenças entre o brincar nas diferentes regiões do Brasil.
Fav
(6)
Passa-anel, queimada, taco, vivo ou morto e muitas outras maneiras para as crianças se divertirem como antigamente.
Fav